Viveiro

Um Viveiro para Regenerar o Território

O viveiro agroflorestal Terra Sintrópica foi pensado como um meio de apoiar os processos de transição agroecológica e regenerativa em territórios mediterrâneos semiáridos. Nessa perspectiva, é concebido como um processo multifuncional inspirado na estrutura do rizoma das plantas, que busca gerar brotos regenerativos que podem se ramificar de qualquer uma das funções do viveiro.

Consulte o nosso Catálogo (em breve)
Consulte a nossas Formações (em breve)
Consulte as nossas Oportunidades de Investigação (em breve)

Uma das funções é a conservação e propagação de sementes e plantas nativas, funcionais e adaptadas ao contexto seminário, de variedades de hortaliças, herbáceas perenes, frutíferas, florestais e plantas medicinais para implantação de sistemas florestais sucessionais e/ou agroflorestais, que contribuam para regenerar a vida no território.

Outra função relaciona-se com a pesquisa-ação de estudos voltados à geração e partilha de conhecimento e divulgação sobre a propagação, cuidados de na plantação e produção de plantas em contextos semiáridos. Da mesma forma, oferecer formação pedagógica resultante do aprender fazendo e buscar cooperar em espaços de articulação com diferentes atores para promover e cooperar em projetos de regeneração do território.

Além de produzir biomassa natural, o viveiro tem a finalidade de gerar biomassa humana crítica, em parceria com o Centro de Agroecologia e PREC, levando em consideração que os processos com a natureza “restauram os fazedores como restauram a paisagem” (Rosemary Morrow Designer e professor de permacultura)